🚜 Quinta-piloto de Agricultura Biológica da INOVA-EM recebeu grupo de alunos da E.B. de Figueiró do Campo

Já com o prenúncio da primavera, na passada terça-feira, convidativa a passeios, recebemos um grupo de 33 alunos e 7 docentes, do 1º Ciclo e Pré-escolar, da Escola Básica de Figueiró do Campo.

A visita guiada permitiu-lhes conhecer uma parte do que se faz e como se faz, na nossa quinta de agricultura biológica.

Apreenderam alguns conceitos sobre práticas sustentáveis, contactaram com a natureza e conheceram os nossos processos de cultivo.

A quinta é um projeto-piloto peculiar que tem o objetivo de, acima de tudo, mudar consciências e fomentar medidas sustentáveis, sem prejuízos para os ecossistemas locais. A origem e qualidade dos seus produtos são um garante de fiabilidade para o consumidor final.

Praticamos um método agrícola cuja finalidade é a obtenção de produtos vegetais, com recurso a práticas sustentáveis e naturais que promovem a autossuficiência, excluindo as técnicas com recurso a produtos químicos que afetariam negativamente os ecossistemas envolventes.

“As visitas guiadas são importantíssimas na sensibilização da comunidade escolar, uma aposta na educação e formação dos nossos alunos, pois este espaço educativo permite o contacto direto com a natureza, com o ar livre e com as plantas e os animais. Quase a completar 20 anos de projeto, esta quinta-piloto tem cumprido o objetivo de consciencializar a sociedade de amanhã. Deixamos, igualmente, o convite à população, para visitar, ou até mesmo adquirir produtos da nossa horta, no período de segunda a sexta-feira.”, ressalva o presidente da INOVA-EM, Pedro Cardoso.

♻ Ecocentro Móvel recolheu 2,5 toneladas de resíduos em 30 dias

Em apenas um mês – entre os dias 5 de fevereiro e 4 de março -, o Ecocentro Móvel, temporariamente instalado na Rua dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede, recolheu 2,5 toneladas de resíduos. Trata-se de um registo considerável se levarmos em conta que em todo o ano de 2023 foram recolhidas cerca de 6,5 toneladas de resíduos urbanos recicláveis.

De entre os resíduos, as cápsulas de café foram a que registaram maior volume, com 594 kg depositados no equipamento. Tal facto vem reforçar a pertinência do protocolo que a INOVA-EM estabeleceu com a AICC – Associação Industrial e Comercial do Café, assim como da campanha de sensibilização em prol da sustentabilidade e da circularidade.

Estamos a entrar no terceiro ano de atividade e os valores atestam a validade deste projeto ambiental, que privilegia a implementação de novos fluxos de resíduos de pequena dimensão”, justifica o presidente da INOVA-EM, Pedro Cardoso.

Ainda de acordo com o responsável, “o objetivo é contribuir para que a prática da reciclagem seja cada vez mais comum e acessível”. “Se cada um de nós fizer a sua parte, estaremos a contribuir não só para um concelho mais limpo e sustentável, mas também para um planeta onde as próximas gerações vivam de uma forma saudável”, completa.

Entre as 2,5 toneladas de resíduos recolhidas e, desta forma, corretamente encaminhados para os postos de valorização e de tratamento, destaque ainda para os tinteiros (117 kg), rolhas (9kg), calçado (242 kg), bem como jornais e revistas (354 kg).

⚠ Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos (PAPERSU)

O Município de Cantanhede em articulação com a INOVA-EM está a desenvolver o seu Plano de Ação do Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos (PAPERSU), em conformidade com a publicação do Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU 2030), aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 30/2023, de 24 de março.

ℹ O PAPERSU assume-se como uma estratégia de apoio à decisão para o Município de Cantanhede. Para o efeito, procedeu-se à identificação de um conjunto soluções passíveis de serem implementadas no município de Cantanhede e que contempla investimentos e medidas a implementar com vista ao cumprimento das metas e objetivos do plano estratégico definidos pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Atendendo a que as metas de reciclagem estabelecidas são extremamente desafiantes, os resultados dependerão da contribuição individual.

👉 Considerando o exposto anteriormente, encontra-se a decorrer o período de participação pública, na página oficial do município de Cantanhede e da INOVA-EM, até ao próximo dia 26/03/2024 até às 17 horas, a versão preliminar PAPERSU do município de Cantanhede. Esta consulta tem como objetivo obter contributos e sugestões que permitam a melhoria do documento, que poderão ser enviados para o endereço eletrónico geral@inova-em.pt.

👉 Apresentação: https://files.fm/u/rhw5bc8qgz

♻ ECOCENTRO MÓVEL em ANÇÃ

O ECOCENTRO MÓVEL estará em ANÇÃ, no Parque de estacionamento do ANÇÃ FUTEBOL CLUBE

🗓 08 a 22 de março

👉 Poderá entregar materiais como: Pequenos eletrodomésticos; Rolhas; Livros e revistas; CD’s/DVD’s; Cápsulas de café; Tinteiros; Calçado; Loiças/espelhos e vidros; Produtos de limpeza; Brinquedos; Têxteis; Embalagens de tintas/vernizes.

ECOCENTRO MÓVEL está na rua, RECICLE! 🌍 🍀

🏅 INOVA-EM distinguida pelo abastecimento público de água e gestão de resíduos urbanos

A INOVA-EM foi distinguida pela ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos com dois Selos de Qualidade, nas categorias de serviço de abastecimento público de água (ao consumidor) e serviço de gestão de resíduos urbanos (ao consumidor).

🚰🚮 Os prémios foram entregues esta quarta-feira, 6 de março, em Lisboa, no decorrer da cerimónia solene de atribuição de “Prémios e Selos dos Serviços de Águas e Resíduos​”.

As distinções, em diferentes categorias, têm por base um rigoroso sistema de avaliação dos serviços prestados aos consumidores e consistem na atribuição de Selos de Qualidade pelo cumprimento dos critérios identificados no regulamento da iniciativa.

Para o efeito, o júri procedeu à avaliação quantitativa das entidades gestoras reguladas, tendo por base os indicadores e dados provenientes dos diversos ciclos de regulação. Seguiu-se uma avaliação qualitativa tendo em conta aspetos relacionados com a governança, cumprimento das obrigações legais, conduta perante o regulador e ocorrências significativas com impacto na prestação do serviço. 

Para Pedro Cardoso, presidente do Conselho de Administração da INOVA-EM, “estas distinções são muito importantes pois representam o reconhecimento da qualidade do trabalho desenvolvido, por vezes invisível, de uma vasta e competente equipa, assim como o compromisso contínuo com a qualidade e a melhoria dos serviços prestados para beneficio da comunidade”.

Embora o objetivo da INOVA-EM não seja os prémios, Pedro Cardoso enfatiza que “estes têm tanto mais valor se levarmos em conta que a empresa municipal presta serviço num território que se estende por 400Km2, servindo 165 localidades de 14 freguesias”.

Os prémios e selos dos Serviços de Águas e Resíduos são uma iniciativa da ERSAR, que conta com um júri representativo do setor e é organizada em parceria com o jornal Água e Ambiente. 

Apresentação da 32ª EXPOFACIC na Bolsa de Turismo de Lisboa

Carolina Deslandes, Bárbara Tinoco, Pedro Abrunhosa e Xutos & Pontapés são 4 dos artistas que integram o cartaz musical da 32.ª edição da EXPOFACIC, que decorre em Cantanhede entre 25 de julho e 4 de agosto. A estes nomes junta-se Fernando Alvim que volta a marcar presença no palco 4.

O anúncio foi feito na última sexta-feira, 1 de março, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL)

Na ocasião, foi também revelada uma campanha com vista à criação de um espaço de memórias daquela que é considerada a maior feira-festa do país e na qual a população do concelho desempenhará um papel ativo.

 🍏 INOVA promoveu ação de sensibilização sobre biorresíduos

No dia 20 de fevereiro, a INOVA promoveu uma ação de formação sobre o processo de separação de biorresíduos, sob a orientação de um técnico da empresa. Esta ação decorreu na ADPVT – ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO PROGRESSO E VIDA DA TOCHA, para um público de 45 elementos da IPSS.


 Foram simulados cenários de separação do material orgânico. Foi dado destaque à importância da valorização orgânica dos restos, oriundos da preparação dos alimentos, e das sobras de comida. Foi descrito todo o seu processo de tratamento e transformação, sem aditivos químicos, para posterior utilização na agricultura e jardinagem.

 Foram inventariados, ainda, os problemas ambientais, como a emissão de gases de efeito de estufa oriundos de matérias decompostas, sem controle. Além disso, o inadequado reencaminhamento desses resíduos, para aterros sanitários, conduz à ocupação de espaços valiosos, provocando a contaminação do solo e das águas subterrâneas.

O presidente da INOVA-EM, Pedro Cardoso, destaca “a importância desta ação para atingir as metas ambiciosas que prosseguimos neste desafio da separação e reciclagem dos biorresíduos na origem ou por recolha seletiva, assim como o empenho da Associação Progresso e Vida no que diz respeito à sustentabilidade ambiental e à economia circular, sendo uma IPSS exemplar nesta matéria”.

🏅 Paula Videira, da Comissão Organizadora da EXPOFACIC, entre as 3 finalistas para prémio

Depois de figurar entre as 18 figuras femininas nomeadas para o “Women in Music Industry Award”, o público colocou Paula Videira, administradora da INOVA-EM e membro da Comissão Executiva da Expofacic, entre as 3 finalistas do prémio atribuído pela Aporfest – Associação Portuguesa Festivais Música

O anúncio da vencedora será feito durante a 12.ª edição do Talkfest – Music Fest Summit, que se realiza em Lisboa, a 22 de março.

INOVA entrega mais de 6 mil euros aos Bombeiros Voluntários de Cantanhede

No âmbito de um protocolo estabelecido entre a INOVA-EM e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede para a recolha de resíduos elétricos e eletrónicos (REE), foram rececionados, em 2023, 83 toneladas deste tipo de resíduos, 62 das quais pelos serviços no sistema porta-a-porta ou depositados pelos utilizadores no Ecocentro Municipal, situado na zona industrial de Cantanhede.

Esta ação concretiza-se numa contrapartida financeira de 6.244 euros para a corporação de bombeiros.

De salientar que a quantidade de REE recolhidos no ano passado representou um crescimento significativo face a 2022, em que foram recolhidas 68 toneladas, equivalente a um montante financeiro de 5.700 euros.

A INOVA-EM é uma empresa comprometida com a comunidade, o que se reflete numa política de responsabilidade social robusta e com várias frentes. Daqui que seja uma enorme satisfação poder ajudar quem desempenha a nobre missão de socorro à população”, considera o presidente do conselho de administração da INOVA-EM, Pedro Cardoso.

O mesmo responsável recorda que esta é apenas uma das iniciativas que une a INOVA e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede, relembrando, a propósito, a colaboração entre ambas durante a Expofacic.

♻ ECOCENTRO MÓVEL até dia 1 de março na Rua dos Bombeiros (Cantanhede)

Informamos que o ECOCENTRO MÓVEL permanecerá por mais uma semana na – Rua dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede

🗓 ATÉ AO DIA 1 DE MARÇO

Brevemente divulgaremos os dados sobre a quantidade de resíduos recolhidos. Apontamos para que seja o local com a maior adesão por parte da população, desde o início deste projeto.

Muito obrigado!