NÚMERO VERDE
800 201 725

Outras notícias

 A ação de voluntariado ambiental alertou para a necessidade de proteger os ecossistemas marinhos e promover uma maior consciência ambiental.       As …

O Tocha Plogging irá decorrer na Praia da Tocha e imediações. Os participantes irão sair em grupos para percursos previamente definidos, munidos …

O ECOCENTRO MÓVEL já se encontra instalado na Freguesia de CADIMA No parque de estacionamento do Centro Escolar de Cadima de 5 …

A EXPOFACIC venceu o Prémio Cinco Estrelas Regiões/2024, na categoria “Festas, Feiras e Romarias” no distrito de Coimbra, distinção que obtém pelo …

Câmara e INOVA-EM recolhem contributos para definir estratégia dos RSU

Em articulação com a INOVA-EM, o Município de Cantanhede está a desenvolver o Plano de Ação do Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos (PAPERSU), estando para o efeito a recolher contributos e sugestões que permitam aperfeiçoar o documento. O período de participação pública decorre até às 17h00 do próximo dia 26 de março, nas páginas oficiais do Município de Cantanhede e da INOVA-EM, onde se encontra a versão preliminar do PAPERSU do Município.

A importância deste Plano de Ação e a sua aplicabilidade foi um dos assuntos que constou da ordem de trabalhos da reunião do Executivo Municipal desta quarta-feira, 20 de março. Na base deste documento estratégico esteve, numa primeira fase, a identificação de um conjunto de soluções passíveis de serem implementadas no concelho e que contempla investimentos e medidas com vista ao cumprimento das metas e objetivos do plano estratégico definidos pela Agência Portuguesa do Ambiente.

Do ponto de vista ambiental, este documento orientador proporcionará um upgrade na correta separação e valorização dos resíduos urbanos, pois define as medidas e ações no âmbito da prevenção e reutilização, dando cumprimento às metas de reciclagem, nacionais e europeias, para a próxima década”, explicou o presidente da INOVA-EM, Pedro Cardoso, destacando a importância do “envolvimento da população no processo decisório”.

Pedro Cardoso entende que o país “está numa corrida contra o tempo, depois de sucessivos anos sem a devida atenção e planeamento”. “É necessária uma tomada de consciência política e pública sobre a importância desta atividade para o ambiente e qualidade de vida das populações”, sintetizou.

Promover a recolha seletiva e tratamento adequado, bem como reforçar os instrumentos económico-financeiros e assegurar a sustentabilidade económica e a capacitação do setor são os objetivos centrais do PAPERSU.

Para além da oportunidade de modernização dos equipamentos, estruturas e recursos humanos, investindo na gestão de resíduos urbanos para alcançar as metas, o documento contempla um upgrade nos equipamentos para resíduos indiferenciados e consequente aplicação do sistema tarifário PAYT, a valorização de biorresíduos e investimentos em meios de recolha.

Refira-se, a propósito, que as metas impostas pelo PERSU2030 implicam que haja investimento em equipamentos e infraestruturas, aumentando a capacidade do município nas intervenções a realizar e as quantidades de resíduos a recolher seletivamente.

Os municípios que cumpram os objetivos do PAPERSU obtêm benefícios no pagamento da Taxa de Gestão de Resíduos.

CONTACTOS

SEDE

Zona Industrial de Cantanhede Apartado 57
Email: geral@inova-em.pt
Telefone: 231 410 830
Email: geral@inova-em.pt

ATENDIMENTO COMERCIAL

Loja do Cidadão de Cantanhede
Rua dos Bombeiros Voluntários, 7​
3061-909 Cantanhede​
Telefone: 231 423 850​
Telefone: 231 423 851​
Email: loja@inova-em.pt​

NÚMERO VERDE

LEITURAS, AVARIAS E RECOLHA DE
MONSTROS E VERDES

800 201 725

INOVA-(TE)

E ADERE AO BALCÃO DIGITAL
DESEJA ADERIR AO BALCÃO DIGITAL?