Nova ETAR vai servir os lugares de Enxofães e de Porto Carros

Empresa Municipal Inova e Câmara de Cantanhede abriram ontem mais uma Estação de Tratamento de Água Residuais na freguesia de Murtede, que fica com uma Cobertura de 100%.

"Esta é mais uma... E vão seis! Só falta mais uma: a de Ançã, que vai servir 7.500 habitantes e que vai ser inaugurada em junho." António Patrocínio Alves, presidente do cencelho de administração da empresa municipal Inova, espelhava bem a satisfação de ver em funcionamento mais uma nova ETAR - Estação de Tratamento de Águas Residuais ontem inaugurada na localidade de Porto Carros, na freguesia de Murtede.

Esta ETAR é, porventura, a mais pequena do conjunto das sete que começaram a ser construídas há cerca de trés anos, mas é suficiente para que a freguesia de Murtede atinja a perfeição na área do saneamento básico, uma vez que, com este equipamento, fica com uma taxa de cobertura "a 100 por cento", o que não deixou indiferente o presidente da junta de freguesia.

"É uma obra emblemática que queriamos construir neste mandato e, graças à Inova e à Câmara, a ETAR está construída e a funcionar", disse Carlos Fernandes, elogiando, ao mesmo tempo aquelas duas entidades. O autarqua lembrou, também, que a "reboque" das obras do sanemanento, a freguesia ganhou outras melhorias. "Por força das obras de saneamento esta ETAR também fez com que dessemos um salto qualitativo em termos de vias rodoviárias", assumiu o autarca, já que foram beneficiadas cerca de sete quilómetros de rodovias, significando "duas grandes melhorias para as populações" que merecem "o devido reconhecimento". E em jeito de conclusão, Carlos Fernandes anunciou que já foi aprovado "a 100 por cento" um projeto apresentado ao PRODER para requalificação da vala e zona envolvente à ETAR.

Investimento de 500 mil euros

De acordo com Patrocínio Alves, Murtede ficará totalmente coberta com saneamento com a finalização do saneamento na aldeia de Carvalho "que se prevê para o final de Junho". Esta ETAR tem três estações elevatórias (uma em Porto de Carros, duas em Enxofães) e cerca de 8,7 quilómetros de colectores e 210 ramais domiciliários, beneficiando 500 habitantes. O investimento total cifra-se em cerca de 500 mil euros, sendo que a obra foi executada em regime de administração directa, ou seja, pelos próprios serviços operativos da Inova, enquanto que a reposição de pavimentos foi feita pela Câmara Municipal, também em regime de administração directa.

Resta acrescentar que o saneamento básico em Cantanhede fica concluído ainda este ano, com a inauguração da ETAR de Ançã, prevista para o próximo mês.

 

 

Fonte: Diário de Coimbra, 31 mai. 2013, José Carlos Silva

About the Author