Mais de 13 milhões de euros em empreitadas no sector de saneamento

Taxa de cobertura de 95% do território até 2012

O Presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, João Pais de Moura, A Vice-Presidente da autarquia, Helena Teodósio, e o Presidente do Conselho de Administração da Inova-EEM, António Patrocínio Alves, realizaram em 13 de Junho mais uma visita a vários locais do Concelho onde estão a ser executadas obras de saneamento.

A visita serviu para fazer um ponto da situação relativamente ao modo como estão a decorrer diversas empreitadas do total de 13 que a empresa municipal tem em curso no âmbito de um programa de obras que envolve investimentos na ordem dos 13,4 milhões de euros e que deverá estar concluído dentro de um ano. Quando tal acontecer, o Município de Cantanhede terá uma taxa de cobertura da ordem dos 95% do território, mais 5% do que o preconizado no PEAASAR II (Plano Estratégico de Abastecimento de Água e Saneamento de Águas Residuais), que aponta às entidades do sector a meta de 90% até 2013.

Este é sem dúvida um investimento estruturante para o Município, tanto mais que em 2009 a parte do território que beneficiava da recolha e tratamento de efluentes se situava nos 54%.

Nas declarações públicas que tem proferido sobre esta matéria, o presidente da autarquia cantanhedense tem afirmado que a aposta na conclusão das infra-estruturas de saneamento foi sempre uma das principais opções estratégicas do executivo, apontando a propósito o número de empreitadas que estão a decorrer e o montante dos investimentos que a INOVA-EEM está a realizar com apoio dos fundos do QREN (POVT e +Centro).

Segundo o autarca, foi por isso que a Câmara Municipal teve o cuidado de destinar para o sector do saneamento 50% do valor das candidaturas negociadas no âmbito da Comunidade Intermunicipal do Baixo Mondego, para obtenção de apoio financeiro do QREN - Programa Mais Centro. «E a INOVA fez realmente um excelente trabalho, o que permite que estejam no terreno obras que correspondem a investimento de 13,4 milhões de euros com comparticipação do QREN» considera o Presidente da Câmara. João Pais de Moura tem também manifestado «grande apreço pelo modo como a empresa municipal tem vindo a concretizar as orientações da autarquia neste domínio, de acordo com o Documento de Enquadramento estratégico do Saneamento de Águas Residuais do Concelho de Cantanhede elaborado pela INOVA-EEM», adianta.

Por seu lado, o Presidente do Conselho de Administração da INOVA-EEM tem vindo a referir que «com a recente ligação do sistema da Freguesia de Cadima e de parte da Freguesia de Sanguinheira, o Concelho ficou com 68,17% da população ligada à rede de sanenamento, no final de 2011 alcançar-se-ão os 85% e em 2012, com a conclusão de todas as empreitadas em curso, atingir-se-á então ameta dos 95%, Ficaraão por ligar apenas algumas habitações dispersas, fora dos aglomerados urbanos», afirma o responsável.

 

ETAR Sul de Ançã e Emissários
Localização: Ançã
Valor do investimento (empreitada, terrenos, projecto e fiscalização): 2.107.212 euros
Comparticipação do QREN-POVT em 63,21% do valor elegível
Extensão da rede de emissários: 2.591,40 ml
Tratamento dos efluentes de Ançã, Gândara e Granja, Cordinhã, Pena, Portunhos, Vale de Água
Número de habitantes beneficiários: 5.090
Início de funcionamento: 2012


ETAR e Emissários de Ligação às Redes da Freguesias de Bolho, da Freguesia de Sepins e das localidades de Lapa e Póvoa do Bispo (Freguesia de Ourentã)
Localização da ETAR: Limite da Freguesia de Sepins
Valor do investimento (empreitada, terrenos, projecto e fiscalização): 1.598.829 euros
Comparticipação do QREN-POVT em 73.36% do valor elegível
Extensão da rede de emissários: 9.734 ml
Estações elevatórias: 6
Tratamento dos efluentes das redes colectoras da Freguesia do Bolho, Freguesia de Sepins e das localidades da Lapa e Póvoa do Bispo, na Freguesia de Ourentã
Número de habitantes beneficiários: 2.750
Início de funcionamento: 2011


Saneamento de Águas Residuais Domésticas de Covões Norte
Valor do investimento (empreitada, terrenos, projecto e fiscalização): 1.069.398 euros
Comparticipação do QREN-POVT em 63.21% do valor elegível
Extensão da rede colectora: 15.331 ml
Estações elevatórias: 2
Tratamento dos efluentes: ETAR da Malhada
Localidades abrangidas: Picoto, Martinhos, Cabeço Cambões, Montouro, Espinheira, Quinta dos Troviscais, Malhada de Baixo, Barreira, Malhada de Cima
Número de habitantes beneficiários: 1.166
Início de funcionamento: 2011 (parcial)


ETAR da Malhada (Freguesia de Covões)
Localização: Malhada de Baixo
Valor do investimento (empreitada, terrenos, projecto e fiscalização): 397.076 euros
Comparticipação do QREN-POVT em 63.21% do valor elegível
Tratamento de efluentes das localidades de Picoto, Martinhos, Cabeço Cambões, Montouro, Espinheira, Quinta dos Troviscais, Malhada de Baixo, Barreira, Malhada de Cima
Número de habitantes beneficiários: 1.166
Início de funcionamento: 2011
 

Saneamento de Águas Residuais Domésticas de Covões Sul, Freguesia de Camarneira e Montinho
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização): 2.110.461
Comparticipação do QREN-POVT em 76.30%
Extensão da rede colectora: 27.186 ml
Estações elevatórias: 7
Localidades abrangidas: Quintas de Camarneira, Areia, Lontro,  Fonte Errada, Quinta do Cedro, Carvalheira, Camarneira e Campanas da freguesia de Camarneira; os lugares de Labrengos, Cavadas, Marvão, Monte Arcado, Porto dos Covões, Quinta do Marco, Quinta do Ferreira, Seadouro e Covões da freguesia de Covões; e Montinho da freguesia da Pocariça
Número de habitantes beneficiários: 2.562
Data de entrada em funcionamento: 2011 (parcial)


ETAR de Covões Sul
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização): 820.042 euros
Comparticipação do QREN-POVT em 76.30%
Tratamento de efluentes das localidades de: Labrengos, Cavadas, Marvão, Monte Arcado, Covões, Porto dos Covões, Quinta do Marco, Quinta do Ferreira e Seadouro, da freguesia de Covões; Quintas de Camarneira, Areia, Lontro,  Fonte Errada, Quinta do Cedro, Carvalheira, Camarneira e Campanas, da freguesia de Camarneira; e Montinho, da freguesia da Pocariça
Número de habitantes beneficiários: 2.562
Início de funcionamento: 2011


Saneamento de Águas Residuais Domésticas da Freguesia de Cadima
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização): 1.153.950 euros
Comparticipação do QREN+CENTRO em 54.45%
Extensão da rede colectora: 22.000 ml
Estações elevatórias: 1
Tratamento dos efluentes: SIMRIA
Localidades abrangidas: Cadima, Casal de Cadima, Corga, Taboeira, Porto Sobreiro, Braganção, Nogueiras, Carvalheira, Guímera, Quintã, Pontes, Aljuriça e Olho
Número de habitantes beneficiários: 1.940
Início de funcionamento: 2011


Saneamento de Águas Residuais Domésticas de Pedras Ásperas, Lombo Folar, Póvoa e Laje
Valor do investimento (empreitada, terrenos, projecto e fiscalização): 399.400 euros
Comparticipação do QREN+CENTRO em 75.18% do valor elegível
Localidades abrangidas: Pedras Ásperas e Lombo Folar, da Freguesia de Sanguinheira, Póvoa e Laje, da Freguesia de Cadima
Extensão da rede colectora: 6.110,50 ml
Estações elevatórias: 2
Tratamento dos efluentes: SIMRIA
Número de habitantes beneficiários: 404
Início de funcionamento: 2012


Emissários de Cordinhã, Vale de Água, Pena e Portunhos
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização): 938.545 euros
Comparticipação do QREN-POVT em 63.21%
Extensão da rede colectora: 10.332
Estações elevatórias: 4
Tratamento dos efluentes: Etar Sul de Ançã
Localidades abrangidas: Cordinhã, Pena, Portunhos, Vale de Água, Ançã, Gândara e Granja
Número de habitantes beneficiários: 5.090
Início de funcionamento: 2012


Saneamento de Águas Residuais Domésticas da Freguesia de Sanguinheira
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização): 1.446.709 euros
Comparticipação do QREN +CENTRO em 60.48%
Extensão da rede colectora: 27000 ml
Tratamento dos efluentes: SIMRIA
Localidades abrangidas: Sanguinheira de Baixo, Freches, Gesteira, Barrins de Baixo, Lagoa Alta, Escoural, Carreiros, Sanguinheira de Cima e Feitoso) e dois lugares da Freguesia da Tocha (Escoural e Barrins de Baixo)
Número de habitantes beneficiários: 1.223
Início de funcionamento: 2011


ETAR de Outil, Emissários e Estações Elevatórias da Freguesia
Área de abrangência: Freguesia de Outil e localidades de Zambujal e Fornos, na Freguesia de Cadima
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização): 1.008.740 euros
Comparticipação do QREN-POVT em 59.83%
Extensão da rede de emissários: 1.667,56
Estações elevatórias: 3
Número de habitantes beneficiários: 1850
Início de funcionamento: 2011


Saneamento de Lemede – Estações Elevatórias
Valor da empreitada: 165.800,00
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização): 179.964 euros
Comparticipação do QREN+CENTRO em 79.37%
Extensão da rede colectora: 1.862 ml
Estações elevatórias: 3
Tratamento dos efluentes: SIMRIA
Data de entrada em funcionamento: 2011


Estações Elevatórias de Queixada da Raposa e Caniceira (Freguesia da Tocha)
Localização: Caniceira e Queixada da Raposa
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização: 63.391
Comparticipação do QREN+CENTRO em 79.37%
Estações elevatórias: 2
Tratamento dos efluentes: SIMRIA
Início de funcionamento: 2011


Ampliação da Rede de Saneamento:
Estações Elevatórias de Bizarros e Tocha
Localização: Tocha
Valor do investimento (projectos, obras, terrenos e fiscalização: 60.250
Comparticipação do QREN+CENTRO em 79.37%
Estações elevatórias:2
Tratamento dos efluentes: SIMRIA
Início de funcionamento: 2009

About the Author

Etiam malesuada velit bibeum donec sit amet orci augue sed tristique amet risus. Mollis malesuada. Quis quis nulla. Vestibulum ante ipsum primis in faucibus orci luctus et ultrices posuere cubilia.