Expofacic mostrou-se ao mundo na Feira Internacional de Turismo de Madrid

 

A Expofacic esteve representada na FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid, um dos maiores certames internacionais de promoção de atividades turísticas e grandes eventos, que decorreu na capital espanhola de 18 a 22 de janeiro.

Com um stand situado no pavilhão onde se concentravam os operadores e agentes europeus, a Exposição - Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede deu-se a conhecer num acontecimento que, segundo a generalidade da imprensa, recebeu 245 mil visitantes oriundos de todo o mundo.

A presença naquela que é considerada a mais importante vitrina mundial de turismo é uma aposta que se insere na estratégia de internacionalização que a comissão organizadora pretende acentuar em 2017. Este ano, a Expofacic realiza-se de 27 de julho e 6 de agosto e, como habitualmente, as ações promocionais começam a ser desenvolvidas no início do ano, na sequência de um apurado trabalho de planeamento iniciado no final da edição do ano passado, no âmbito do qual ficaram definidas as grandes linhas de força de divulgação do evento, incluindo a participação na FITUR. Uma participação que os responsáveis fizeram questão que fosse partilhada por todos quantos estão mais diretamente envolvidos na organização do evento e de alguns parceiros que têm contribuído para o seu desenvolvimento e afirmação.

Nesse sentido, a comissão organizadora levou a Madrid mais de uma centena de funcionários da Câmara Municipal e INOVA-EM, que nos dias 21 e 22 de janeiro foram ver a Expofacic representada numa das maiores feiras de turismo do mundo, além de outros aliciantes de uma viagem que decorreu sempre em ambiente de boa disposição. Da comitiva faziam parte João Moura, líder do executivo camarário, Helena Teodósio, vice-presidente da autarquia, Pedro Cardoso, vereador, António Patrocínio Alves, presidente do Conselho de Administração da INOVA-EM, Serafim Pires, administrador da empresa municipal, entidade que assegura a gestão administrativa, financeira e logística da Expofacic, bem como representantes da comunicação social.

“Colocar na Espanha uma lança é mais um passo importante para a afirmação da Expofacic”, sublinha João Moura, adiantando que “o processo de internacionalização implica iniciativas que permitam abrir portas em outros países, ou seja, atrair expositores e fazer com que novos públicos se desloquem a Cantanhede para visitarem o evento mais concorrido do país”.

Por outro lado, refere o presidente da Câmara Municipal, “faz todo o sentido este convívio entre pessoas que partilham o objetivo de tornar o evento mais apelativo, de reforçar os seus fatores de atratividade”. Segundo o presidente da Câmara Municipal “a visita à FITUR e a Madrid foi muito estimulante, o espírito de camaradagem que pairou nesta jornada de dois dias contribuiu para reforçar a coesão de grupo da extraordinária equipa responsável pela organização da Expofacic”.

Também para António Patrocínio Alves “o convívio é muito importante e a presença da Expofacic na FITUR foi um bom pretexto para proporcionar uma boa experiência conjunta aos funcionários da Inova e da Câmara Municipal que trabalham diariamente na preparação da Expofacic e não apenas naqueles 11 dias em que decorre o evento. Trabalham antes, durante e depois e a sua função tem sido crucial no sucesso registado ano após ano. Temos de saber reconhecer o trabalho que fazem”, adianta o presidente da INOVA-EM.

Sobre o retorno da ação promocional na FITUR, Patrocínio Alves alimenta a expetativa de ver no certame de Cantanhede “alguns expositores que estiveram em Madrid. Nesta fase, bastam-nos alguns para levarmos um pouco mais longe o processo de internacionalização iniciado o ano passado. Para isso é extremamente importante que a Expofacic comece a ter visibilidade internacional e é em fóruns e feiras da dimensão da de Madrid que pode adquirir projeção a esse nível”.

About the Author